“A Travessia” une tecnologia e história real em um belo espetáculo

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2016/02/the walk
A melhor forma de ver o filme é em 3D (Foto: Sony)

A Travessia (The Walk, 2015) de Robert Zemeckis

O filme: no dia 7 de agosto de 1974, o mundo conheceu o equilibrista francês Philippe Petit (Joseph Gordon-Levitt). Junto com um grupo improvável, ele ousa fazer o que muitos consideravam impossível: uma travessia ilegal por meio de um cabo de aço no imenso vazio entre as torres do World Trade Center, em Nova York.

Porque assistir: baseado em fatos reais, o feito retratado já foi mostrado no documentário O Equilibrista (2009), filme vencedor do Oscar.

Dirigido por Robert Zemeckis, o mesmo da Trilogia De Volta para o Futuro (1985; 1989; 1990), Uma Cilada para Roger Rabbit (1988), Náufrago (2000), O Voo (2012), e vencedor do Oscar de melhor filme e direção por Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994). Um diretor que une especialmente bem o espetáculo dos efeitos especiais, com uma história dramaticamente bonita. E que aqui, confirma suas credenciais, com classe.

No elenco o grande destaque é o protagonista, feito por Joseph Gordon-Levitt (500 Dias com Ela; e Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge). Com uma leve sotaque francês, lentes de contato e cabelos esquisitos, ele parece digno como o equilibrista que sonha grande.

Melhores momentos: a preparação/produção que antecede a façanha, é tensa. Mas, sem dúvida, o grande destaque é a travessia em si, que variam entre momentos poéticos e dramáticos, mas sempre incrível. E que visual embasbacante, hein?

Pontos fracos: os flashbacks tiram um pouco da atenção da trama que é contada, mas não atrapalham a condução da história. E o tom fantasioso ao estilo de “era uma vez” nos faz pensar até mesmo que aquilo não aconteceu.

Na prateleira da sua casa: disponível em DVD (preço sugerido R$ 39,90), Blu-ray 2D (R$ 49,90) e Blu-ray duplo 3D/2D (R$ 89,90), o filme é um espetáculo para ser visto e revisto em alta definição. Nos extras contam Cenas Excluídas; Primeiros Passos; Pilares de Apoio; e A Incrível Caminhada.