Ambição e um triângulo amoroso trágico marcam o clássico “Um Lugar ao Sol”

DVD de “Um Lugar ao Sol” já está disponível pela Classicline
Um Lugar ao Sol (A Place in the Sun, 1951) de George Stevens | Com Montgomery Clift, Elizabeth Taylor e Shelley Winters | DVD: Classicline.
Nesta versão clássica do romance de Theodore Dreiser, "An American Tragedy", 
George Eastman (Montgomery Clift), sobrinho de um industrial rico, é constantemente 
excluído da alta sociedade. Mas ao receber a chance de trabalhar na fábrica de seu tio, 
começa a galgar degraus e vislumbra um caminho que pode levá-lo a um futuro melhor.

Em paralelo, apesar de ter sido avisado para não se envolver com nenhuma funcionária, ele 
começa a se encontrar com Alice Tripp (Shelley Winters), uma humilde moça que trabalha na linha de montagem. 
Enquanto ascende às fileiras da empresa, é apresentado à socialite Angela Vickers (Elizabeth Taylor), por quem rapidamente se apaixona. 

Mas como informei desde o princípio, essa belíssima obra assinada pelo diretor 
George Stevens (o mesmo do também clássico Assim Caminha a Humanidade, 1956), a 
obra baseada em um romance trágico até no título, tem cheiro de tragédia anunciada ao 
se formatar como um triângulo amoroso. 

Até onde você iria para chegar ao topo? 
Sim, para além da tragédia, e do próprio romance entre os três personagens principais, 
o clássico e premiado Um Lugar ao Sol é marcado pelo poder da ambição. 
E com atuações primorosas de Montgomery Clift (indicado ao Oscar de melhor ator), 
Elizabeth Taylor e Shelley Winters (indicada ao Oscar de melhor atriz).

Drama de suspense indicado à nove Oscar, ganhou seis estatuetas (melhor diretor - 
George Stevens, roteiro original, fotografia - P&B, figurinos - P&B, montagem e trilha sonora), mas a informação de quais categorias levou está ausente no belo encarte do filme 
relançado pela Classicline. 
Naquele ano, a incrível obra de George Stevens não levou o prêmio de melhor filme, que 
acabou com o musical Sinfonia de Paris (1951). 
Se bem que Um Lugar ao Sol merecia ter levado o prêmio maior da noite.