Relembre 17 canções que são a cara dos seus filmes

Clique nos títulos para ver os videoclipes:

Música: “Ghostbusters” (Ray Parker Jr.) – Filme: Os Caça-Fantasmas (1984)
Canção-título dançante feita especialmente para o filme por Ray Parker Jr., concorreu ao Oscar, Globo de Ouro e Grammy. Lançada em junho de 1984, alcançou o #1 da Billboard (EUA) em agosto do mesmo ano. “Who you gonna call?”

Música: “(I’ve Had) The Time of My Life” (Franke Previte, John DeNicola e Donald Markowitz) – Filme: Dirty Dancing – Ritmo Quente (1987)
Um filme com uma trilha sonora recheada de sucessos, o romance dançante estrelado por Jennifer Grey e Patrick Swayze marcou época. A cena final – e antológica – é embalada por “(I’ve Had) The Time of My Life”, vencedora do Oscar e Globo de Ouro de canção original.

Música: “That Thing You Do!” (Adam Schlesinger) – Filme: The Wonders – O Sonho Não Acabou (1996)
Na pérola escrita, dirigida, produzida e estrelada por Tom Hanks, a trama centra sobre uma banda de amigos que chega ao sucesso com a ajuda de um grande produtor. Claro que temos muitas músicas na comédia romântica dançante, mas a que mais marca a obra é a do título original, “That Thing You Do!”, que concorreu ao Oscar e Globo de Ouro.

Música: “Eye of a Tiger” (Frankie Sullivan e Jim Peterik) – Filme: Rocky III – O Desafio Supremo (1982)
Confundido até com a origem de Rocky Balboa, a canção do grupo de rock Survivor é tema da terceira parte do ‘Garanhão Italiano’. A curiosidade é que a canção foi encomendada pelo próprio Stallone após o Queen vetar o uso da canção “Another One Bittes the Dust” no filme. Canção #1 na Billboard por seis semana consecutivas, é o maior sucesso da banda até hoje.

Música: “’R’ Good Enough” (Cyndi Lauper, Stephen Broughton Lunt e Arthur Stead) – Filme: Os Goonies (1985)
Gravado especialmente para a aventura icônica Os Goonies, fez Cyndi Lauper alcançar o topo das paradas de sucesso em 1985. Assim como seu filme oitentista, seu clipe é inesquecível. Produtor da empreitada, Steven Spielberg escolheu a cantora dos cabelos coloridos para ser, inclusive, a diretora musical da trilha sonora da fita. The Goonies never say die!

Música: “Stayin Alive” (Bee Gees) – Filme: Os Embalos de Sábado à Noite (1977)
Com trilha sonora assinada pelo Bee Gees, o filme possui muitas canções de êxito comercial. “How Deep Is Your Love?” concorreu ao Globo de Ouro de melhor canção original, mas a mais vibrante do álbum é “Stayin Alive”. Quando a música começa, duvido que não comecem a imitar a coreografia (principalmente com as mãos) de John Travolta. Esta na lista da revista Time (de 2011) como uma das 100 maiores músicas de todos os tempos.

Música: “Footloose” (Kenny Loggins, Dean Pitchford) – Filme: Footloose – Ritmo Louco (1984)
Canção-título feita especialmente para o filme e interpretada por Kenny Loggins, concorreu ao Oscar, Globo de Ouro e Grammy. Lançada em janeiro de 1984, alcançou o #1 da Billboard (EUA) em março do mesmo ano. Impossível ficar parado ou ao menos estalar os dedos ao escutá-la.

Música: “(Everything I Do) I Do It for You” (Michael Kamen, Bryan Adams e Robert Lange) – Filme: Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões (1991)
Adepto do romantismo açucarado, Bryan Adams concorreu ao Oscar com o tema romântico da versão noventista de Robin Hood. Seu videoclipe contém uma das cenas mais lembradas do filme, quando a câmera acompanha todo o percurso da flecha do protagonista, até ela atingir seu alvo. Essa canção deve ter embalado muitos casais nos anos 90.

Música: “Heat is on” (Harold Faltermeyer e Keith Forsey) – Filme: Um Tira da Pesada (1984)
Escutar a música escrita por Harold Faltermeyer e Keith Forsey, e gravada por Glenn Frey, é lembrar de cara com as aventuras cômicas do policial Axel Foley, interpretado por Eddie Murphy em Um Tira da Pesada. O filme foi lançado em dezembro de 1984, e a música chegou ao #2 da Billboard (EUA) em março de 1985.

Música: “Take my Breath Away” (Giorgio Moroder e Tom Whitlock) – Filme: Top Gun: Ases Indomáveis (1986)
O tema romântico do casal Tom Cruise e Kelly McGillis na aventura oitentista foi eternizada pelo grupo Berlin, e se configurou no maior sucesso da banda americana. Chegou ao #1 da Billboard (EUA), sucesso nas rádios de todo o mundo e motéis, a canção ganhou o Oscar e Globo de Ouro também.

Música: “Esperando na Janela” (Gilbert Gil) – Filme: Eu Tu Eles (2000)
Estrelado por Regina Casé, o romance nacional de Andrucha Waddington é uma convite ao forró, mas aqueles tradicionais, das antigas mesmo. A música de Gilberto Gil foi um estouro, e sua letra diz muito sobre as ações da protagonista que possui três maridos. E o filme regional combina muito com o arrasta pé é comandado pelo cumpade Gil!

Música: “Maniac” (Michael Sembello e Dennis Matkosky) – Filme: Flashdance – Em Ritmo de Embalo (1983)
Sim, a canção original vencedora do Oscar e Globo de Ouro foi a “Flashdance…What a Feeling”, mas a a música mais intensa do filme é “Maniac”. Interpretado por Michael Sembello, o hit indiscutível faz qualquer um tentar repetir a coreografia de Jennifer Beals, principalmente a de simular uma correria. A curiosidade é que a canção foi incluída em em Flashdance após a esposa de Sembello incluí-la acidentalmente em uma fita enviada para os executivos da Paramount, que estavam à procura de músicas para usar no filme. E o resto é história.

Música: “Mrs. Robinson” (Simon & Garfunkel) – Filme: A Primeira Noite de um Homem (1967)
O duo folk Simon & Garfunkel gravou um album inteiro de canções para The Graduate/A Primeira Noite de um Homem, chamado The Sound of Silence, título de um dos grandes sucessos da trilha sonora. Mas a música mais identificada com o clássico é “Mrs. Robinson”, tema da personagem de Anne Bancroft, crucial para a história protagonizada por Dustin Hoffman. Tchu, tchuru-ru-ru, tchuru-ru-ru…

Música: “The Power of Love” (Huey Lewis, Chris Hayes e Johnny Colla) – Filme: De Volta para o Futuro (1985)
Música tema de um dos melhores filmes de todos os tempos, “The Power of Love” foi gravado por Huey Lewis and the News em 1985. Indicado ao Grammy, Globo de Ouro e Oscar de melhor canção original, a música faz jus ao filme e é excepcional.

Música: “My Heart Will Go On” (James Horner e Will Jennings) – Filme: Titanic (1997)
Imortalizado por Celine Dion, a música-xarope de 1997/98 foi “My Heart Will Go On”. Ganhou o Oscar e o Globo de Ouro de melhor canção original, mas originalmente seria apenas uma música de fundo do romance. Mas o diretor James Cameron pediu uma letra, e quando acrescentada, Celine Dion a gravou. Tema de amor de Jack e Rose (Leonardo DiCaprio e Kate Winslet) em Titanic, embalou também muitos casais ligados nas FMs da vida no final dos anos 90.

Música: “Happy” (Pharrell Williams) – Filme: Meu Malvado Favorito 2 (2013)
Um dos maiores hits de 2013, também foi uma das canções mais tocadas em 2014. Com “Happy”, Pharrell Williams deixou de ser apenas um produtor premiado (com sete Grammys), mas se tornou também um cantor reconhecido mundialmente. O jurado da edição americana de 2014 do reality show The Voice concorreu ao Oscar com a música dançante e inspiradora, que é capaz de deixar todo mundo muito feliz após escutá-la. Faça um teste, escute e tente não sorrir antes do seu final.

Pharrell Williams ensina como ser feliz (Foto: Reprodução Vimeo)