Grátis! Cine Ceará promove nesta quinta-feira (5) a premiére nacional de “Greta”

GRETA, de Armando Praça, e protagonizado por Marco Nanini fará sua estreia nacional nesta quinta-feira (5/9) no 29º Cine Ceará, que acontece em Fortaleza até 6 de setembro. A entrada é gratuita. O filme, que fez sua estreia mundial na Mostra Panorama do Festival de Berlim de 2019, chega aos cinemas brasileiros em circuito comercial em 10 de outubro, com distribuição da Pandora Filmes.

Estou muito feliz que a primeira exibição do Greta no Brasil seja no Cine Ceará. O filme foi feito em Fortaleza, e ter a equipe e elenco completos presentes, fará dessa sessão, uma sessão inesquecível! Exibi todos os meus curtas no Cine São Luís, dentro do Cine CE e é um Festival que acompanho há pelo menos uns 20 anos”, comemora o diretor, Armando Praça.

O filme é livremente inspirado na peça ‘Greta Garbo, Quem Diria, Acabou no Irajá’, do dramaturgo Fernando Melo, lançada no início dos anos 1970. À época, as personagens retratadas eram abordadas por meio da caricatura e do estereótipo. “Quando conheci o texto, em 2008, percebi o quanto o enredo era atual e bonito e o quanto aquela forma de olhar para os personagens havia ficado anacrônica. Isso me provocou o desejo de atualizar essa história com uma nova abordagem”, explica o diretor, que também assina o roteiro.

Assim, partindo do material original, Praça abandonou o tom cômico do texto, abraçando o drama, mas mantendo o humor. “Mudar o gênero do texto original me parecia um desafio interessante como roteirista e diretor”, diz. Assim, construiu a narrativa do filme com temas universais do cotidiano atual, apresentando um submundo realista e sexual de personagens pouco representados na cinematografia brasileira. “Procurei na ambiência sociocultural de Fortaleza as contradições que se revelam nos desejos e anseios dos próprios protagonistas”.

Em GRETA, Pedro (Nanini) precisa liberar uma vaga no hospital onde trabalha para internar sua melhor amiga, a travesti Daniela (Denise Weinberg). Para isso, ele resolver ajudar Jean (Demick Lopes), um jovem criminoso hospitalizado, a fugir do hospital e assim liberar um leito para a internação da amiga, que sofre de insuficiência renal grave. Pedro, então, esconde Jean em sua casa até que ele se recupere, mas os dois acabam tendo um envolvimento romântico.

E é a partir desse relacionamento entre os personagens de Pedro e Jean que o longa se desenvolve e a trama se constitui. “A concepção do filme como um todo é fortemente influenciada pelas obras de alguns artistas contemporâneos, como o cineasta malaio Tsai Ming Liang, o filipino Brillante Mendonza e a argentina Lucrécia Martel, cuja maneira de desconstruir e flertar com os gêneros me inspira profundamente”, finaliza Praça.

GRETA é coproduzido pela Carnaval Filmes e pela Segredo Filmes, com produção de João Vieira Jr., Nara Aragão e Armando Praça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *